Ter uma gestão eficiente nas redes sociais do seu negócio é essencial não apenas para o seu desempenho digital como também para fortalecer a identidade da sua marca frente ao público. Por quê? Simples: segundo o uma pesquisa feita pelo site We Are Social, os brasileiros estão no 2º lugar do ranking global de maiores usuários de redes sociais, com 3h30 gastas por dia e 10 milhões de novos usuários só em 2019 – e a quantidade de “internautas” segue crescendo anualmente! 

Esses números apenas reforçam a importância de inserir as redes sociais no seu plano de comunicação de maneira estratégica e bem planejada. Agora, se você tem dúvidas sobre como fazer isso de maneira eficiente, nada de pânico! Nesse texto, você vai conferir um passo a passo completo e intuitivo, com todos os pontos centrais de um planejamento de marketing digital, que vão te ajudar a criar autoridade para o seu negócio nas redes sociais. Vamos nessa?

Por que me preocupar com a gestão das redes sociais?

Para além dos pontos que já citamos acima, vamos responder com outra pergunta: do que adianta investir tempo e recursos do seu negócio nas redes sociais sem ter o menor direcionamento de por onde começar, o que e como fazer? Para toda a qualquer atividade que você queira realizar na sua empresa é fundamental fazer um bom planejamento antes de colocar a mão na massa! 

Quando se trata de mídias digitais não é diferente: uma gestão eficiente pode ser a diferença entre aumentar o seu engajamento, permitindo um contato muito mais orgânico com o público, e se tornar uma “dor de cabeça” por falta de preparo e estrutura. É uma faca de dois gumes que todo profissional de marketing deve saber manejar com precisão para fazer das redes sociais uma verdadeira vitrine dos produtos, serviços e conteúdos qualificados que sua empresa oferece.

Para garantir um desempenho positivo na gestão das suas redes sociais, é importante se atentar a cada um dos 7 passos fundamentais de um planejamento de marketing digital. São eles:

1) Objetivo

Já citamos alguns exemplos de funcionalidades que as redes sociais podem ter para o seu negócio. Mas é preciso ir além e refletir: para que vou de fato usar as redes sociais na minha empresa? O que pretendo alcançar com isso? Qual será o foco das minhas publicações? Qual ação desejo que os usuários tomem ao ler um post no Instagram do meu negócio? Essas perguntas-guia vão direcionar todos os outros elementos do seu planejamento. 

2) Público x Persona

Talvez você se pergunte: “público-alvo e persona não são a mesma coisa?” e nós respondemos que não, não são! Enquanto o público-alvo é um mapeamento mais genérico do perfil de consumidores que costumam se relacionar com a sua marca, a persona é um “representante” que você cria para o seu perfil ideal de consumidor. Achou confuso? Então vamos aos exemplos:

O público-alvo da sua loja de móveis são homens e mulheres na faixa de 30 a 45 anos, geralmente casados, ambos trabalhando regularmente, com 2 ou 3 filhos, classe média. Criar conteúdos que vão se conectar com essas pessoas pode ser bem difícil quando dados em planilhas são tudo o que você sabe sobre elas. Mas o cenário muda quando você cria Gabriel e Fernanda, um casal de 37 e 35 anos, com filhos gêmeos de 10 anos que estão se mudando para sua segunda casa e precisam renovar os móveis da cozinha. Vê a diferença? A comunicação se torna muito mais pessoal e humana!

3) Cronograma para redes sociais

Você já sabe o que e para quem deseja falar. Está na hora de definir como e quando. Para isso, é indispensável utilizar um calendário editorial para redes sociais! Nesse documento você pode consolidar todas as informações sobre linha editorial, tom utilizado na comunicação, frequência de publicações, seleção de temas, principais métricas para analisar o desempenho, datas para as postagens e todos os outros detalhes envolvidos no planejamento mensal.

4) Gerenciadores

Como já deu para perceber, cuidar das redes sociais de uma empresa envolve muitos detalhes e questões técnicas que precisam estar bem alinhados entre todos os membros da equipe para que tudo saia conforme o planejado. Para assegurar a periodicidade e bom funcionamento dessa dinâmica, você pode contar com a ajuda de plataformas que automatizam as publicações, isso é, fazem desde os posts em dias programados até a análise de resultados com base no engajamento.

Outra solução que, além do gerenciamento das redes sociais citado acima também engloba a criação dos conteúdos que serão publicados e todo o planejamento estratégico para sua comunicação nas mídias digitais, é contar com a ajuda de uma agência especializada em marketing digital. Esses profissionais capacitados e em constante atualização com o mercado saberão te orientar sobre a melhor forma de inserir sua empresa nas redes sociais, além de garantir um bom desempenho!

5) Impulsionamento

Você está passando pelos stories dos seus amigos quando se depara com o anúncio de uma loja de roupas na qual havia feito uma pesquisa por sapatos um mês atrás. Mágica? Não mesmo! Essa é a “magia” do impulsionamento de publicações nas redes sociais! Além de uma excelente plataforma para interação com o público, sites como Facebook e Instagram têm se mostrado cada vez mais excelentes mecanismos para anúncios e posts patrocinados.

Ambas as redes sociais – assim como outras – oferecem diferentes possibilidades de promoção paga de conteúdos e publicações. Estudar as opções que melhor se adequam ao seu planejamento de marketing pode ser uma boa opção para garantir que seus posts alcancem as pessoas certas – através da segmentação de público e outros mecanismos de direcionamento de público.

6) Monitoramento

Dentro de todo esse processo, o monitoramento dos resultados que sua estratégia de comunicação em redes sociais obteve mês a mês é mais do que fundamental! Não deve ser uma atividade realizada de vez em quando e sim constantemente. Dedicar algum tempo para ler os relatórios de engajamento e conversões que suas publicações geraram em um determinado período pode ser a diferença entre aperfeiçoar processos e continuar perdendo oportunidades de melhorar sua performance!

Indo além, também é necessário estar atento às mudanças que acontecem ao redor da sua empresa e como elas podem ser aplicadas no seu conteúdo para redes sociais. A sociedade em que seu negócio  está inserido está em constante transformação – seja pelas novas tecnologias ou por acontecimentos que não poderíamos prever. Saber se adaptar a esses diferentes momentos é essencial para uma comunicação empática e atual. É o caso, por exemplo, dos profissionais de marketing digital que precisaram remanejar e repensar sua estratégia de conteúdo em virtude da pandemia de coronavírus.

7) SAC

Muito diferente das mídias tradicionais, as redes sociais permitem um contato recíproco entre empresa e consumidor. Na prática, isso significa que a mesma autonomia que você tem para publicar nas redes sociais do seu negócio, o seu público também tem para responder! Apresentar conteúdos qualificados nas mídias digitais é convidar o usuários para uma interação orgânica, pessoal e muito mais humanizada. Mas isso só é possível se você se dedicar a esse relacionamento!

De nada adiantará atingir o público e conquistar a empatia dele se você ignorar as tentativas de interação. Por isso, esteja atento ao seu SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) também – e talvez principalmente – nas suas redes sociais! Responda as mensagens recebidas por inbox/direct, reaja aos comentários e os responda quando pertinente, tire dúvidas, agradeça, seja humano!

Conclusão

Por fim, estar atento às boas práticas do mercado, às atualizações das redes sociais escolhidas e às novas possibilidades de interação com o público que surgem todos os dias, são requisitos básicos para garantir uma gestão eficiente e, mais do que isso, constante da presença digital da sua empresa. 

Se tiver alguma dúvida ou quiser entender melhor como essa e outras práticas de marketing digital funcionam, você pode entrar em contato com a Solare Interativa, empresa especializada em gestão de marca e campanhas de performance, através do formulário abaixo: