O Google Ads é a maior plataforma para anúncios, e isso você já deve saber. Além disso,  ele tem uma enorme capacidade de coletar, analisar e confrontar os dados obtidos, e isso traz diversos insights para melhorar o desempenho de campanhas e links patrocinados.

Mas com tantas informações, pode ser difícil definir para onde o foco será voltado e quais indicadores deverão ser analisados, e isso depende de qual é o seu objetivo.

Quando uma campanha é iniciada, um objetivo é definido, e consequentemente as metas da campanha. Em cada uma dessas metas, as métricas disponíveis ajudam a dizer se os objetivos estão no caminho certo ou não. 

Abaixo iremos mostrar as métricas e os mais importantes indicadores de performance, ou KPIs (Key Performance)  do Google Ads.

Mas antes disso, vamos entender a diferença entre métricas e KPIs?

Métrica e KPI são indicadores de gestão, mas basicamente a diferença entre eles é que um é a base do outro, um dá continuidade ao outro.

As métricas são informações sobre o negócio, os KPIs são resultados de alguma ação que foi tomada com base nas métricas.

Por exemplo:

A quantidade de leads da sua base é uma métrica, já o custo de aquisição por lead (valor investido / quantidade de leads) é um KPI.

Agora vamos a alguns indicadores e métricas importantes para analisar e mensurar em suas campanhas: 

  • Taxa de conversão

Conhecida como CTR ou taxa de conversão é uma das mais importantes métricas do Google Ads. Ela mostra a quantidade de pessoas que clicaram no seu anuncio e compara com a as pessoas que viram a campanha. Resumindo, ela revela como está o desempenho da sua campanha e também dos concorrentes. 

E o CTR influência em outras métricas não menos importantes do Google Ads, por exemplo, quanto maior for o seu CTR, menor será o seu CPC (Custo Por Clique), gerando um maior volume de tráfego para suas páginas de destino.

  • Custo por Clique

Mencionada anteriormente, o CPC é a métrica que revela o custo por clique de uma campanha no Google Ads. Sendo assim, ela te ajuda a saber quanto custa atrair um usuário a clicar no seu anúncio e a controlar o orçamento da campanha. 

E quanto menor for o CPC do anuncio, maior será o seu ROI (Retorno sobre o Investimento) já que você está gastando menos para obter uma conversão tornando a sua campanha mais rentável por atingir um maior número de pessoas com o mesmo investimento. 

Além disso, o CPC serve para mostrar a qualidade do seu anúncio, o desempenho da sua página de destino e a relevância das palavras-chave usadas. 

  • Taxa de impressões

Ela é obtida dividindo o número de vezes em que os anúncios aparecem, pelo número de vezes que as palavras-chave determinadas foram buscadas no Google.

Isso quer dizer que não é sempre que os anúncios veiculados irão aparecer para o público que foi segmentado, e isso depende das palavras-chave que estão sendo procuradas. 

Quando a taxa de impressões é pequena, quer dizer que pode haver algo errado com o anúncio, por isso é essencial acompanhar essa métrica no Google Ads para que os resultados sejam otimizados garantindo o sucesso dos anúncios. 

  • Índice de qualidade

Essa métrica é que você mais deve se preocupar, pois é levado em conta outras variáveis que foram citadas anteriormente, como o CTR, CPC, a qualidade da página de destino etc…

O Google faz uma média do seu desempenho contando todas as variáveis, atribuindo um índice de qualidade para os anúncios, e ajuda a melhorar o ranqueamento entre os concorrentes quando os anúncios são exibidos. 

Sendo assim, quanto melhor o índice de qualidade, maior é volume de tráfego, menos o CPC e maior o CTR, ou seja, os resultados são melhores. 

Conclusão

Neste artigo você aprendeu como as métricas são importantes para o diagnóstico e melhoramento de um anúncio. 

Você sabe se suas campanhas pagas estão gerando resultados e lucro? Fale com a gente para ter um diagnóstico da sua empresa.