Criar uma rede social para sua empresa é apenas um dos passos que você precisa tomar para fazer uma gestão de marca eficiente nos ambientes online. Para isso, boas agências de Marketing Digital sabem que é necessário ter um direcionamento sólido e um plano bem fundamentado. Disso a Solare entende muito bem! Em todos esses anos de experiência em conteúdo criativo, branding, segmentação de público e campanhas com objetivos de marketing, atendendo diversos tipos de negócios, criamos um processo robusto e comprovadamente eficaz para o fortalecimento de presença digital, construção de imagem, geração de resultados e relacionamento com usuários. Hoje, vamos te mostrar cada etapa desse processo. Continue a leitura e aprenda conosco! 

Gestão de Marca: estratégias de atuação

O maior propósito da gestão de marca é criar um vínculo de confiança e credibilidade entre as empresas e seus públicos. Situar um negócio nas mídias digitais vai além de divulgar os seus produtos ou serviços – é sobre mostrar para os usuários o porquê de te escolherem. Ao ver um anúncio de um empreendimento em lançamento, por exemplo, seu lead pode até se interessar e, dependendo de seu estágio na Jornada de Compra, considerar a aquisição. Mas é o conteúdo que está disponível em seu site, blog e redes sociais que vai provar para essa pessoa que sua empresa é a mais indicada para fechar esse negócio.

Trata-se de ampliar a exposição da marca e permitir que o público se identifique com ela. 

Como parte da gestão de marca dos nossos clientes, a Solare foca em 2 principais estratégias de atuação. Ambas levam ao mesmo destino – a conversão dos usuários das redes sociais/visitantes do seu site ou blog em leads – mas, para isso, complementam uma a outra com diferentes etapas e ferramentas. São elas:

  • Redes Sociais
  • Pilares: Pautados em uma promessa básica e a solução que sua empresa pode oferecer para os problemas dos consumidores, criamos os pilares que vão sustentar o conceito criativo da sua marca. Basicamente, funcionam como um guia a ser seguido para a padronização de peças e o tom de comunicação adotado, que refletem as características do seu negócio. Por exemplo: qualidade, economia, transparência, dedicação, otimização, entre outros.
  • Objetivo social: É necessário ter uma visão muito clara do que seu público vai encontrar em – e como será beneficiado ao acessar – suas mídias digitais. Para isso, definimos um objetivo social, elencamos uma série de vantagens que os seguidores da sua empresa vão obter. Dentre elas, temos: fonte de pesquisa, relacionamento, novidade, etc. Depois de analisar os benefícios, sintetizamos tudo em uma frase mestra, uma ideia central para guiar a produção.
  • Mote e Tema: Chegamos então para a elaboração do mote e tema, que são, respectivamente, o norte temático e a linha base do conceito criativo. Em poucos parágrafos, resumimos tanto os principais ideais que direcionam o trabalho da sua empresa, quanto a promessa central que vai refleti-los em sua comunicação. A partir daí, pautamos o tom e a mensagem que sua marca vai transmitir. Para isso, definimos uma linha editorial com práticas, categorias e subtemas – tudo visando a melhor organização e eficácia da estratégia!
  • Conceito Criativo: A definição da identidade visual da sua empresa nas redes sociais e demais mídias digitais é um ponto crucial para a gestão de marca! Precisamos criar uma imagem que seja identificável pelo público. Pense por um instante: quais empresas você acompanha nas redes sociais e nem precisa ler o nome do perfil para saber de quem se trata, pois só de “bater o olho” em uma foto ou texto já percebe que é a X ou a Y? Essa é a ideia: fazer com o que os usuários te reconheçam e diferenciem.

  • Inbound Marketing
  • Funil de Vendas + Jornada de Compra: Na segunda parte da nossa estratégia para uma boa gestão de marca, o Inbound (Marketing de atração) abre as portas para que o usuário chegue a toda a estrutura que criamos anteriormente. Para isso, é preciso entender que nem todos os contatos estão no momento ideal da decisão de compra e, portanto, precisam ser nutridos, filtrados e selecionados ao longo do funil de vendas (processo de conversão), proporcionando conteúdos que vão guiá-los ao longo da jornada de compra (estágios de maturidade).
  • Definição de Persona: A criação de conteúdos que toquem o público e gerem identificação exige a elaboração de um representante semi fictício uma persona – que apresenta de forma humanizada as características comuns do seu público alvo. Por exemplo, ao invés de escrevermos para casais jovens, modernos e de classe média, vamos falar com o Bernardo e a Camila, ambos com 27 anos, ele estudante de medicina e ela designer de interiores.
  • Aplicação de SEO: Aplicar as técnicas de otimização sobre seu conteúdo é sinônimo de aumentar as chances de que a mensagem certa chegue à pessoa certa, na hora certa! Para a gestão de marca é fundamental que cada centavo investido seja convertido em novos leads – e a utilização de palavras-chave, links personalizados, adaptações para mobile, segmentação de público, remarketing de tráfego do site, dentre outras atividades de SEO; garantem que isso aconteça.
  • Produção de Conteúdo: Por fim – e, na verdade, esse é apenas o começo – começa a produção de conteúdo de fato, com materiais ricos, blog posts, emails marketing, buffers para redes sociais, artigos, infográficos, tudo o que se tem direito! A ideia é criar iscas digitais que atraiam os usuários e, por meio dos CTAs corretos, estimulem ações proativas que, por sua vez, vão resultar em conversões.

Bônus!  Campanhas de desempenho
Sim, apesar de muito mais focada em objetivo comercial, qualquer tipo de anúncio – os chamados dark posts –  também ajuda a fortalecer e posicionar a marca no ambiente online pautado em seu discurso, enaltecendo vantagens, benefícios e diferenciais, afinal, é a sua marca que está sendo exposta e atingindo seu consumidor ideal, ou seja, seu público-alvo.

Conclusão

A gestão de marca vai bem além de desenhar um site básico e responder as perguntas que fazem nos seus posts. Essa estratégia envolve diversos passos e muita preparação – demanda estudos, técnicas, expertise e conhecimento, tanto sobre as ferramentas quanto sobre o processo criativo. Contar com a ajuda de profissionais experientes é mais do que fundamental; pode ser a diferença entre aplicar mal o seu dinheiro e ver resultados cada vez melhores nas vendas da sua empresa! Portanto, certifique-se de ter o time certo ao seu lado na hora de elaborar um plano de gestão.

Confira também nossos outros artigos sobre branding e criação de conteúdo!

A Solare Interativa é uma empresa de marketing digital, mas, mais que isso, nos tornamos especialistas em processo de vendas, jornada do consumidor e qualificação de leads. Fale conosco para conhecer nossas soluções!