Sua equipe comercial está performando e batendo metas? Ter métricas de vendas bem definidas e acompanhá-las constantemente é essencial para o sucesso e retorno de investimento

Mas afinal, o que medir? 

Apesar de cada empresa ter seus indicadores específicos, existem algumas métricas de vendas que não podem ficar de fora, principalmente em Inside Sales. 

Veja a seguir as 7 principais métricas de vendas:

  1. Número de vendas por vendedor

Acompanhe as vendas por vendedor diariamente.

Essa métrica é importante porque dá ao gestor uma visão rápida de quem está na direção de alcançar a meta e de quem pode estar precisando de ajuda. Também ajuda os vendedores a saberem como está a própria performance em comparação com a dos colegas.

  1. Ciclo de vendas médio e por vendedor

Você sabe quanto tempo seu negócio leva para transformar um Lead em um cliente?

Analisar esse número ajuda a entender qual vendedor está levando muito tempo para atendimento, etapas do funil de vendas e para fechar negócio, o que pode prejudicar a empresa. Um ciclo de venda curto, impacta no fluxo de caixa, aumentando as vendas do time.

Para isso, é importante contar com CRMs para padronizar o atendimento e ter o controle do tempo de cada etapa.

  1. Taxas de conversão

Conhecer gargalos e poder otimizá-los são os principais benefício de saber quais as taxas de conversão das etapas do seu funil de vendas. Com essas métricas, você sabe qual porcentagem dos contatos passaram para a próxima fase, em relação ao total de Leads nessa etapa.

  1. Motivos de perdas de clientes

Tempo é dinheiro. Cada etapa do funil de atendimento consome tempo do vendedor. Entender o motivo da sua empresa estar perdendo vendas é primordial. É o preço? É a concorrência? É a qualidade no atendimento? Tenha isso no controle!

  1. Receita por vendedor

Essa métrica de vendas ajuda a entender quanto em valor os seus vendedores estão trazendo para a empresa todos os meses.

  1. Ticket médio por vendedor

O ticket médio por vendedor é obtido dividindo-se a receita total gerada por ele pelo número de vendas que realizou no mesmo período.

Há vendedores bons em fechar negócios mais rápidos, e de valores menores, e outros de ciclos de venda mais longos, porém que retornam mais. Por isso, é importante saber o perfil de cada vendedor da sua equipe.

  1. Tempo de rampeamento dos novos vendedores

Em times de vendas que têm o Inbound Sales como metodologia, é importante ter um processo de vendas bem documentado e estruturado. Você já ouviu falar de playbook de vendas? Ele padroniza todo o processo e facilita o treinamento dos novos vendedores. 

E, para que o negócio tenha previsibilidade, é importante olhar para o tempo que esses novos vendedores levam para atingir as metas — o tempo de rampeamento.

A partir dessa métrica é possível saber qual o ritmo de crescimento do time e quando será preciso fazer novas contratações.

A Solare Interativa é uma empresa de marketing digital, mas, mais que isso, nos tornamos especialistas em processo de vendas, jornada do consumidor e qualificação de leads. Entenda um pouco melhor neste artigo e fale conosco para conhecer nossas soluções para acelerar suas vendas!