CTA? KPI? SEO? Bom, se o marketing digital faz parte da estratégia da sua empresa, ou se você é apenas curioso pela área, com certeza já se deparou com estes termos. E, se você nem desconfia do significado dessas siglas, iremos facilitar sua vida! Listamos abaixo as principais palavras/termos que usamos em nosso dia-a-dia e em nossos posts e matérias, tudo para você ficar por dentro do assunto. Confira:  

Glossário Geral

Conversão:  Conversão é a palavra usada para definir usuários que realizaram uma ação baseada no objetivo da campanha, sejam likes, vendas, cliques, assinatura de uma newsletter, dentre outros. É um ótimo parâmetro para entender o alcance de uma campanha e avaliar a eficácia das estratégias utilizadas.

Cookies: Arquivos instalados no navegador quando o usuário acessa sites específicos, e que armazenam temporariamente o que foi acessado ou pesquisado na rede. Tem como objetivo fornecer dados da navegação do internauta para o melhor direcionamento ou aperfeiçoamento de campanhas de marketing.

Remarketing: Reimpactar um usuário que já interagiu com um anúncio ou site. O Remarketing acontece pela instalação de cookies no computador do usuário, e consiste basicamente em disponibilizar novas visualizações de anúncios ou ofertas, considerando, inclusive, os perfis definidos dos usuários a partir dos dados fornecidos pelos cookies para segmentar os anúncios/peças adequadamente.

CRM: Softwares de gerenciamento de relacionamento com clientes. Permitem otimizar os processos de relacionamento da sua empresa com os clientes, tanto no sentido da produtividade, quanto em termos de qualidade.

CTA:  Call-to-Action, ou seja, é uma chamada para ação. Ex: botões disponibilizados em sites ou anúncios com as chamadas “Saiba mais”, “Cadastre-se”, “Fale Conosco”.

Inbound Marketing: Estratégia que atrai os clientes por meio de conteúdos úteis e relevantes. Faz com que o público fique cada vez mais confiante, ao ponto de permitir que as empresas se aproximem mais, construindo um relacionamento saudável e focado em resultados, como, por exemplo, a obtenção de cadastros, mailing, vendas, dentre outros.

Funil de vendas:  Modelo estratégico de consumo que ilustra os possíveis percursos ou caminhos que o cliente pode seguir até efetuar a compra ou contratação de um produto/serviço. No funil de vendas é considerado o canal de entrada do cliente no processo de venda (o topo do funil), o caminho percorrido durante o processo (o meio do funil), até a efetivação da compra (fundo do funil). Um funil de vendas prevê, inclusive, que clientes distintos percorrem caminhos distintos até concluir a compra, e trabalha a partir destas variáveis.

Landing Page: Página da web, dentro ou fora do seu site, com design e técnicas focados em conversão. É utilizada para conduzir e atrair o tráfego através de um link divulgado em campanhas de links patrocinados, banners, redes sociais ou e-mail marketing. Por exemplo: uma página promocional exclusiva de um produto ou serviço específico, à qual o usuário é direcionado por meio de um link/anúncio.

Squeeze Page: Página de entrada de um visitante com foco em captação de leads. Projetada com elementos persuasivos, essa ferramenta entrega para o usuário um material rico e relevante em troca do seu cadastramento. Toda a estrutura de uma Squeeze Page é voltada à  captura de dados do usuário (geralmente a partir de um formulário de cadastro/conversão), com foco claramente direcionado para a conversão.

Lead: Pessoa que deixou seus dados em um formulário de conversão e demonstrou interesse no produto ou serviço. Um cliente em potencial.

Palavra-chave/Keyword: Palavra, frase, ou conjunto de palavra que sintetiza o tema principal do texto com o objetivo de fazer com que o conteúdo de seu blog, site ou página seja facilmente encontrado ao ser pesquisado, tanto dentro da própria página, quanto na busca do Google.

Pixel: Código que mensura todo o caminho percorrido por um usuário – ao navegar no site da sua empresa, por exemplo – e que colabora enormemente com dados muito úteis para um acompanhamento adequado de sua campanha.

SEO: O Search Engine Optimization (otimização para mecanismos de busca, como, por exemplo, o Google) é um conjunto de técnicas de otimização para sites, blogs e páginas na web, cujo objetivo é alcançar bons rankings orgânicos, gerando tráfego e autoridade. Ou seja: o SEO tem como propósito fazer com que, nos resultados de busca, o seu site, blog ou página da web apareça nas primeiras posições, gerando maior quantidade de acessos e tornando-o uma referência em sua área!

KPIs – INDICADORES DE PERFORMANCE

Alcance: Número de usuários impactados;

CPC: Custo por Clique do usuário em sua peça/anúncio;

CPL: Custo por lead gerado;

CPM: Custo por mil impressões;

CPA: Custo por Aquisição (conversões);

CTR: Taxa de cliques (desempenho) – Cliques dividido por impressões;

Impressões: Número de vezes em que os usuários foram impactados;

ROI: Retorno sobre investimento;

ROAS: Retorno sobre investimento em publicidade;

Teste A/B: Veicular duas versões diferentes de campanha com o objetivo de avaliar o melhor desempenho ou experiência do usuário.

Agora que você já sabe o significado de alguns dos principais termos e siglas usados no mundo do marketing digital, com certeza será mais fácil acompanhar e entender as matérias sobre o assunto! Se desejar mais conteúdos relacionados a este, ou até mesmo dicas sobre estratégias de marketing, é só acompanhar o nosso blog!