O Facebook é uma das melhores redes sociais para construir uma marca na internet, mas muitas empresas ainda não dão a devida importância para este canal de relacionamento com o público. Além de deixar as oportunidades escorrerem pelos dedos, uma gestão despreparada pode resultar em consequências negativas para sua empresa.

Veja o que NÃO fazer com a página da sua empresa no Facebook:

1- Postar só para encher linguiça

Gerar conteúdo é uma coisa, gerar conteúdo interessante é outra totalmente diferente.

Ficar bombardeando os fãs da sua marca falando como ela é boa é como se no programa  de TV favorito deles só passasse comercial.

Suas postagens devem equilibrar assuntos relacionados ao mercado em que sua marca está inserida e conteúdo institucional, divulgações e promoções. Trace seu objetivo a cada post: vender, informar ou engajar?

captura-de-tela-2017-05-04-a__s-10.04.20

2 – Ignorar as interações

O Facebook da sua marca também é uma opção de SAC, então os clientes vão elogiar, tirar dúvidas, reclamar e conversar. Deixá-los sem resposta não é legal, eles se sentirão usados somente para que sua marca seja divulgada. Além disso, é importante ter um plano de gerenciamento de crise, pois sempre haverá um post mal interpretado, um assunto polêmico ou uma reclamação e você precisa saber como agir nestas situação sem deixar o cliente sem uma resposta, afinal, ele está lá para receber atenção.  

Interagir curtindo comentários, respondendo dúvidas, agradecendo e dando a devida atenção faz com que você humanize a página e deixe os clientes se sentindo importantes.

fb_eventos_FB

3- Errar no texto e/ou imagem

A coerência e principalmente a ortografia contam muitos e os internautas não perdoam uma gafe. Textos objetivos e imagem dentro do contexto têm uma grande chance de serem curtidos, comentados e compartilhados. Se a intenção é vender, não esqueça de dar uma mãozinha pro consumidor interessado e colocar o link para o produto ou serviço na descrição do post.

errando-o-alvo

4- Generalizar o target numa campanha

Não tem nada mais chato do que aparecer em nossa timeline produtos ou serviços que nunca pensamos em adquirir e não combinam com nossas características pessoais.

O primeiro passo para começar qualquer campanha é conhecer o público-alvo. Existem diversos formatos de posts e ads que podem direcionar a campanha somente para o público em potencial, porém, para isso, é necessário conhecer seu comportamento no ambiente virtual,  gostos, faixa etária e tudo mais o que você conseguir de informação. Este esforço é importante para não perder dinheiro e não fazer com que as pessoas odeiem sua marca – os famosos haters.

d03ec-wally

5- Esquecer de monitorar

Desprezar os dados provenientes do Facebook, como não entender que o alcance de uma postagem pode resultar em venda, é jogar no lixo o supra sumo da rede social. É fundamental monitorar os resultados e fazer uma análise dessas informações para tirar o máximo de proveito e planejar novas ações.

O cuidado com a presença da sua empresa no Facebook deve ser redobrado, pois alguns erros na estratégia de gestão de redes sociais podem reduzir o engajamento dos usuários e resultar em danos para a marca no ambiente digital. Uma boa equipe de marketing e social media pode aproximar estratégia e princípios para que conteúdos interessantes sejam levados aos leitores e a presença digital da sua marca seja fortalecida.

Candy-Crush-Saga-4